segunda-feira, 6 de julho de 2009

Depois do Trabalho

Trabalhei o dia inteiro, e ao retornar para casa fui tomada por um sentimento de genuína felicidade.
Lembrei-me que ao chegar encontraria uma pessoinha me esperando , meu grande e verdadeiro amor, Felipe, meu filho de 6 anos.
Ao entrar no apartamento, ele estava deitado no quarto dele assistindo televisão, e ao me ver deu um pulo e disse: mãe! , veio ao meu encontro, me abraçou e beijou!
Não tem cansaço, sono ou qualquer outro sentimento que não se dissipe diante dessa singela demonstração de afeto!
Muitas vezes olho para ele e penso nossa como sou felizarda por tê-lo em minha vida!
Ser mãe, é um aprendizado diário, ao mesmo tempo que sou mestra por ter a função de educadora, por impor limites, responder a tantos "porques", também sou aprendiz! Aprendo o significado do querer sempre o melhor para alguém, o significado do amor desinteressado, e da renúncia!
Junto com o nascimento do primeiro filho, nascem também uma mãe e um pai. Por falta de experiência, muitas vezes me pergunto será que vou dar conta? Aonde está o manual de instruções? Rs
Mas de uma coisa tenho certeza: O filho que pedi a Deus, ele mandou para mim!
Sou uma mulher realizada por ter o privilégio de ser mãe!



Um comentário:

rosana disse...

muito lindo, me emocionei!!!