sábado, 27 de agosto de 2011

Salvador Meu Amor

Salvador é uma cidade cheia de encantos, com uma cultura rica em ritmos e diversidade!
Como toda grande capital, sofre com o crescimento desordenado, e o pouco investimento em serviços essenciais para a população, como saúde e educação.
Os problemas de infraestrutura, e a questão social, não apagam a beleza e a magia da capital da Bahia.
Sou soteropolitana, e decidi virar turista na minha cidade, e compartilho com vocês abaixo algumas fotos dessa cidade tão encantadora!















 

sábado, 23 de julho de 2011

Morre Amy Winehouse


Foi encontrada morta em sua casa a cantora inglesa Amy Winehouse, ao ouvir essa notícia hoje a tarde na televisão, fiquei sentida.
Uma mulher tão jovem, encerrar sua passagem por aqui, aos 27 anos, em decorrência do uso de drogas e álcool, realmente me entristece!
Uma vida conturbada, cheia de altos e baixos, e a incapacidade de lidar com as adversidades, levou uma pessoa talentosa, dona se uma voz singular, a morrer tão prematuramente.
Somos fruto de nossas escolhas, e em se tratando de dependência química, muitas vezes é quase impossível deixar o mundo das drogas. A reabilitação é algo sofrido, difícil, tanto para o usuário, como para a família.
Imagino que hoje milhares de fãs no mundo todo, estão de luto, chorando pela perda.
Infelizmente, Amy não foi a primeira, e provavelmente não será a última a seguir por esse caminho nebuloso.
Cássia Eller, Cazuza, Kurt Cobain, Janis Joplin, Jimmi Hendrix, são apenas alguns exemplos.
Que ela encontre finalmente a luz e a paz para que seu espírito finalmente descanse!

terça-feira, 19 de julho de 2011

O Valor de Uma Lágrima


Admiro a capacidade do ser humano de chorar.
O rolar de uma lágrima representa tantos sentimentos diferentes: alegria, tristeza, saudade.
Algumas vezes choramos, outras fazemos chorar.
Existem pessoas que não se  permitem chorar para  não demonstrar seus sentimentos,
por considerar o choro um sinal de fraqueza!
Perdi a conta de quantas vezes já chorei na compainha única e exclusiva do meu travesseiro.
Quando a lágrima rola, de um local profundo, não há ninguém nesse mundo que a faça parar.
Junto com as lágrimas se vão amores perdidos, sonhos não realizados, e tantos outros sentimentos.
Quando o ser humano perde a capacidade de chorar, ele se torna duro, insensível, menos humano!
Se você já fez alguém chorar, e não se sensibilizou, não conhece o valor de uma lágrima.
Quero chorar quantas vezes forem preciso, mas que sejam lágrimas de felicidade, de amor, de compaixão! 

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Fotos do Rio de Janeiro



















Cidade Maravilhosa

Dia 3 de julho viajei ao Rio de Janeiro pela primeira vez. Fui para um congresso mundial na minha especialidade.
Confesso que tinha um certo receio de conhecer a cidade diante de tantas reportagens sobre violência e tráfico de drogas. Porém me surpreendi ao perceber que a realidade não é bem assim!
Fiquei hospedada na Barra da Tijuca, no hotel que estava sendo realizado o congresso por ser mais cômodo, já que foram 4 dias de aulas.
O que me chamou atenção logo de início foi a simpatia do carioca, muito carismático, desde o condutor do taxi até o garçom no quiosque na praia de Copacabana.
Não gostei muito do clima, inverno rigoroso com temperaturas variando dos 12 aos 19 graus, céu cinza cheio de neblina, e um vento para lá de frio!
Fora isso adorei todo o resto, conheci Copacabana, Ipanema, Arpoador, Leblon, Gávea, Lapa, Leme.
No forte de Copacabana, presenciei o visual noturno da praia, e me deliciei no Café Colombo.
Andei de metrô, van, ônibus executivo, e bondinho, ao ponto de me sentir nativa!
Andei no bondinho que passa por cima dos arcos da Lapa, até Santa Tereza, aonde comi uma típica feijoada carioca no restaurante Margô.
No Barra Shopping, na loja Le Parfum, conheci Marlon Navega, maquiador da Dior, que me fez uma maquiagem super bonita, mas não tanto quanto seus lindos olhos azuis! Imaginem uma pessoa linda, é ele, olhos cor de céu e sorriso sedutor. Comprei um batom Dior caríssimo sem nem perceber!
A melhor noite foi na Lapa, no Rio Cenaruim, um bar com vários ambientes, e gente de todas as
nacionalidades, credos e opções sexuais! Amei! Dancei, ri e me diverti como há muito não fazia.
Na sexta-feira, dia 8, o tempo começou a melhorar e eu a ficar ainda mais extasiada, ficaria frustrada em não ver o Rio com céu azul, sol brilhando.
A visita ao Cristo Redentor foi uma experiência indescritível, me senti mais perto de Deus!
Gostei também do Pão de Açúcar, da Lagoa Rodrigo de Freitas, e muitíssimo do Jardim Botânico!
A dimensão da favela da Rocinha me impressionou. Visitei o estádio do Maracanã em obras, e fiz um citytour por diversos bairros, acompanhada de minha amiga Rosana, e de Vanja uma condutora de taxi que conhecemos, e que foi literalmente nossa anja, guia turística incomparável.
A impressão que fiquei do Rio foi positiva, não presenciei nenhuma cena de violência, e fiquei encantada com as belezas naturais, a cidade é mesmo maravilhosa, e pretendo voltar outras vezes, de preferência no verão.
O Rio é diferente de qualquer cidade que conheçi, parece que a vida ferve, num misto de sedução, encantamento e boêmia!