domingo, 9 de agosto de 2009

Emoção x Razão



Estou dividida entre a razão e a emoção.
Diante de determinada situação, que envove sentimento,
uma voz sopra ao meu ouvido:
tenha cuidado, cautela, você pode se machucar!
É a voz da razão!
Essa voz me diz para não entrar de cabeça, para evitar.
Do outro lado a emoção assopra de forma suave e perfumada:
acredite, você pode se permitir, e se não o fizer nunca saberá!
Sinceramente, ainda não sei em qual delas devo acreditar,
e essa dúvida me atormenta.
O fato é que sempre procuro seguir meu feeling, minha intuição.
Ontem uma pessoa importante para mim fez um questionamento :
você busca compainha ou Amor?
Parei para pensar, e é claro que busco viver um Amor,
mas o companheirismo é consequência.
Ambos coexistem no meu querer.

3 comentários:

Andarilho disse...

Tem gente que busca só companhia, já desistiu de amor.

Eu não procuro mais nenhum dos dois.

Chris Carvalho disse...

Quais os motivos que o levaram a desistir?

rrtobio disse...

O que seria do nosso lado racional se não fosse o emocional? Acho que a pergunta principal nao seria qual lado seguir, mas se estamos prontos para sermos humanos. Como compararíamos a felicidade sem termos quebrado a cara de vez em quando!
Falam de racionalização da emoção ou a emocionalização da razão, que tal apenas vivermos? Somos humanos, sensiveis e necessitamos de todos os sentimentos para crescermos... sempre!