quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Barbarie

O marginal entra no shopping pela passarela de acesso

Circula pelo shopping

Caminha no estacionamento

E sai do shopping no carro da vítima

Semana passada aconteceu um crime bárbaro aqui na cidade, uma pediatra foi vítima de sequestro, ao sair de um shopping center com sua filha de 1 ano e 8 meses, seguido de morte por atropelamento. A mesma foi agredida, e depois o sequestrador passou com o carro por cima da cabeça dela, tudo isso na presença da criança. A menina foi abandonada dentro do carro em plena BR 324, após o mesmo parar por falta de combustível.
A polícia prendeu o suspeito após analisar as imagens das cameras de segurança do shopping. O mesmo é um presidiário, estuprador, de 35 anos, que fora beneficiado no dia anterior com o indulto do dia dos pais.
A médica estava no shopping naquele fatídico dia 6 de agosto, fazendo compras para o dia dos pais, e ao se dirigir ao estacionamento para pegar o carro foi abordada pelo criminoso.
Ontem o assassino confessou o crime, afirmou que como a vítima reagiu a tentativa de estupro, ele a agrediu e ao tentar fugir, ele a atropelou.
Meus Deus, em que mundo estamos vivendo? Esse crime me deixou consternada pela brutalidade, e acima de tudo pelo fato de um homem que representa perigo para a sociedade, ter sido beneficiado por um indulto, e no dia seguinte ter feito mais uma vítima.
Saiu da prisão para matar! Destruiu uma família, privando os entes queridos e principalmente a filha de 1 ano e 8 meses do convívio com a mãe!
Que momentos de pânico as duas não devem ter passado, uma mulher de 39 anos e uma criança de quase 2, a mercê de um animal ( porque ser humano ele não pode ser considerado ).
Aonde isso tudo vai parar? O que pode ser feito pela sociedade, e pelas autoridades para que situações como essa não continuem a acontecer?
O fato é que não consigo parar de pensar nessa família, os pais, o marido a criança!
Desejo que a alma de Rita de Cássia descanse em paz e que ela possa estar num lugar muito melhor do que esse mundo em que vivemos hoje!
E que Deus proteja a todos nós pessoas honestas!

2 comentários:

rrtobio disse...

A quem devemos culpar por essas coisas? O governo, a sociedade, nós mesmos? Todos nós temos culpa! Somos culpados por fingir que coisas como essas não acontecerão para as pessoas próximas a nós. O governo tem sua culpa, bem como o nosso sistema penal que ao invés de orientar, coordenar e reabilitar os condenados, só os faz piores e mais agressivos. Tanto gasto de dinheiro para catalisar o pior de cada um. Eles tem que pagar a sua dívida com a sociedade trazendo algo de bom para ela. Diminuindo o gasto do governo com mão-de-obra.
Quantas Ritas de Cassia serão massacradas ainda?

Chris Carvalho disse...

Concordo plenamente com a sua opinião!
Nós precisamos parar de nos fingirmos de cegos, e exigirmos mudanças já!