terça-feira, 20 de julho de 2010

Impermanente

Segundo o budismo, tudo na vida é Impermanente, ou seja, nada dura para sempre.
Segundo a Band FM, em 20 minutos tudo pode mudar, eu diria que em 1 segundo tudo pode mudar!
Estou sempre aprendendo, sempre tentando ser uma pessoa desapegada.
Sou empenhada, quero sempre estar em paz, viver tranquilamente, ser feliz
e melhorar como ser humano.
Esses dias eu estava me lembrando como sou batalhadora.
Durante o ensino médio, nunca fiz recuperação.
Passei no vestibular para odontologia e medicina, de primeira,
e sem fazer cursinho.
Quando fazia faculdade, andava de ônibus,e almoçava com o passe escolar.
Fui estagiária do CPD da faculdade de medicina, para ter bolsa de estudos.
Nunca me perdi pelo caminho, apesar da separação dos meus pais
quando eu tinha 15 anos, e da ausência da referência paterna após.
Durante 2 anos, já formada, trabalhei por 48 horas de plantão seguidos.
Entrava no hospital domingo de manhã,  saia na terça-feira de manhã,
e emendava consultório o dia inteiro.
Dei plantão em cidades próximas da que moro, e sempre fui dirigindo
na compainha apenas de Deus e da minha fé!
Nunca passei por cima de ninguém para conquistar meus objetivos.
Não tenho inveja, não tenho amarguras.
Tenho apenas cicatrizes,e algumas sequelas.
Serenidade, paz de espírito, força para seguir adiante
é o que peço a Deus.
Que eu saiba lidar bem com as impermanencias da vida,
e que as mudanças sejam sempre para que eu possa evoluir,
aprender e me tornar a cada dia um ser humano melhor.

Um comentário:

Flávio disse...

Muito bonito e de muita vida esse seu texto. Me emocionei...Beijos